Medical Biorritmo

A Nutrição Funcional e o Biorritmo

Na Nutrição Funcional, pelo método “In Vivo”, pretende-se criar um ciclo de vida mais saudável, através da auto cura do próprio corpo.

Após cada primeira consulta, os meus pacientes tomam consciência de que a recuperação do corpo, ao eliminar um processo de doença, causa a chamada “crise da cura”, isto é, agrava os sintomas.

Este é o sinal de que o corpo está a reagir e a aumentar a capacidade para lidar com as toxinas, infecções e produtos residuais que estão alojados no organismo, sobretudo no intestino, pâncreas, baço e fígado.
Na maioria dos processos a mudança ocorre após os primeiros vinte e um dias, tempo em que o Biorritmo do corpo começa a reorganizar-se para dar início à saúde com vitalidade.
Este processo passa por uma mudança de hábitos de vida, que vão desde a alimentação, horários de sono, atividade física, atitude emocional e convivência social.

O nosso corpo fisiológico é influenciado pelo ciclo circadiano que rege as vinte e quatro horas do dia e essa rotação, afeta a nossa saúde e o nosso desempenho diário, o qual é regido por três ciclos de biorritmos ao longo do ano.

  • O Ciclo Físico, que dura vinte e três dias e afeta o sistema imunitário, a confiança, o impulso sexual e a vitalidade.
  • O Ciclo Emocional, que dura vinte e oito dias e influência a criatividade e os estados de espírito, que são regidos pelo funcionamento hormonal.
  • O Ciclo Intelectual, que tem a duração de trinta e três dias e influencia a função mental.

Ao sermos capazes de escutar o nosso corpo podemos definir de forma simples a evolução dos ciclos do biorritmo e criar um mapa padrão desse desempenho ao longo de um ano.
Feita esta observação, podemos, recorrendo a uma alimentação personalizada e funcional, com suporte de suplementação focada no Conceito da Rythmonutrition restabelecer o equilíbrio fisiológico e preservar a nossa saúde, porque a prevenção é o melhor remédio para evitar a doença.

Este é o processo do IN – VIVO focado no “Vis Medicatrix Naturae”

Paula Mouta – Naturopatia e Nutrição Funcional, Lisboa, 03 de Dezembro de 2014